Capítulo I Budapeste (NARRATIVA)

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Capítulo I Budapeste (NARRATIVA)

Mensagem por Camille M. Vermount em Seg Set 16, 2013 1:25 pm

Teste Coringa
Uso de Disciplina
Manip. + Lábia (dif. 10)
Resultado: 
Quantidade aleatória (1,10) : 5
 
Quantidade aleatória (1,10) : 7
 
Quantidade aleatória (1,10) : 2
 
Quantidade aleatória (1,10) : 8
 
Quantidade aleatória (1,10) : 1

_________________
Por que nós cantamos? Porque nós devemos. A força nociva que passa por dentro de cada uma de nós deve ser colocada para a superfície, ou ela irá nos ferver por dentro. Nunca deixe ser dito que um coração morto-vivo não sente paixão.
avatar
Camille M. Vermount

Mensagens : 81
Reputação : 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo I Budapeste (NARRATIVA)

Mensagem por Camille M. Vermount em Seg Set 16, 2013 2:00 pm

Alys Maelgwyn – Lugar Desconhecido 04:00

Som para imersão



- Não, nada de anormal – por quê?

Fabian franze a testa e responde:

Fabian: O seu sangue... Seu sangue jorrou em minhas garras mais cedo e ao experimenta-lo senti uma sensação única. Nunca havia gostado tanto de sangue. Porém como a prometi, não irei machuca-la.

Fabian continua sem titubear com ansiedade:

Fabian: Se você quiser, posso trocá-lo por conhecimento, assim como protegê-la dos meus irmãos e eu garanto, eles não são sensíveis e humanos como eu.

Fabian dá pequenos passos no local pensando alto e escapa algumas palavras:

Fabian: A perfeita ovelha !! Polir e reconstruir.

Alys quase recuperada pensa na possibilidade de sair dali ao mesmo tempo em que se preocupa em ter outras criaturas como àquela que a atacou mais cedo.

XP: 25,5
 
Coringa –  Ruinas do Anfiteatro 03:30/19:40*

Som Ambiente



O Coringa não vê a hora de sentir o gosto do caos e não obstante com o já feito na cidade tenta assombrar o ancião Nosferatu.
Na tentativa de usar sua disciplina, Coringa vê o Ancião sério quando diz:

Calebros: Não sou obrigado a vencer mas tenho o dever de ser verdadeiro. Não sou obrigado a ter sucesso mas tenho o dever de corresponder às trevas que tenho. Tente fazer isso novamente, apenas tente, e te farei nada mais que restos de um insolente. Eu destruo meus inimigos quando faço deles meus amigos. Deus deve amar os homens medíocres. Fez vários deles...


Repentinamente, agora rindo, o ancião chama o lunático para uma boa taça da bebida majestosa, como se nada tivesse acontecido e palavras não fosse proferidas por ele.


XP: 15 P.S 9/10

*No post de Branka o tempo foi avançado para a noite posterior e ela se encontra no mesmo lugar que o Coringa. Logo interprete as ações durante o fim da madrugada até o amanhecer e o início da noite posterior.

 
Laurent D’Anjou - Em frente a Catedral 05:20

Som para Imersão


Honrados xerifes, qual acusação que recaiu sobre Basilius?


Os xerifes se entreolham e ao mesmo tempo os dois respondem:

Irmãos Shutz: Traição !! Basilius recebeu uma visita que a muito está na Manus Nigrum e no topo da lista vermelha, e ainda sim, não o delatou para a príncipe. Não podemos falar mais que isso.


Laurent percebe que os irmãos estão escondendo algo. Nem tudo foi falado. De repente chega um monge e o chama a pedido de Crixus dizendo que o mesmo quer falar-lhe.

XP: 15.2 P.S 15/15

Branka Górki – 19:40
Ruínas do Anfiteatro

Som Ambiente

Branka percebe que o jovem Lothar não tem interesse na missão, ao menos no momento e recebe um convite real de Nicodemus para adormecer e então voltar para os recônditos do ancião Nosferatu. Na noite posterior no salão do ancião, ela o vê com o Coringa e recebe novas notícias acerca da missão.

Calebros: Minha espada finalmente chegou. Não é preciso me dar detalhes, eu sei de tudo. O rumo da missão foi desviado por acontecimentos que não era para acontecer. Com isso serão apenas quatro, os envolvidos na missão: A espada, o enigmático, o espião e uma humana.


Branka compreende que ela é a espada, o enigmático é o lunático e o espião deve ser Laurent, mas não acredita que uma humana irá os ajudar. Além disso a demônio não entende completamente a função de cada um na missão.

Calebros: Preciso que vá chamar o estudioso no mosteiro, temo que este também tenha o caminho desviado. A missão logo se iniciará. Leve o Coringa com você, talvez precise dele.
 

XP: 13.6 P.S 10/11

_________________
Por que nós cantamos? Porque nós devemos. A força nociva que passa por dentro de cada uma de nós deve ser colocada para a superfície, ou ela irá nos ferver por dentro. Nunca deixe ser dito que um coração morto-vivo não sente paixão.
avatar
Camille M. Vermount

Mensagens : 81
Reputação : 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo I Budapeste (NARRATIVA)

Mensagem por Samael em Qua Set 18, 2013 11:26 pm

[Fala] – Tudo bem, tudo bem, já ententendi, você tem um péssimo humor e gosta dele.
[Narrativa] O palhaço do crime esta impaciente para causar o caos, e seu jeito de andar, assim como sua face demonstram isso muito bem.
[Pensamento] - Tudo bem, não vou atingir o velho, mas alguém tem que ser levado a loucura! HAHAHAHAHA!
[Narrativa] Coringa então olha pros seus capangas com um olhar de maldade e um largo sorriso.
[Fala] – Vocês! Vão disfarçados até a cidade como se fossem cidadãos comuns e sequestrem a pessoa mais indefesa que virem, depois a tragam aqui pra mim! Eu quero ela bem viva e em perfeitas condições! E é bom que vocês sejam realmente discretos, ninguém na cidade deve ficar sabendo disso.
 - Não deixem pistas. E não me deixem esperando, já estou começando a ficar ansioso!
- HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!

[Narrativa] As palavras de Coringa são altas, alegres e demonstram sua necessidade de ter uma vitima.
avatar
Samael

Masculino Mensagens : 46
Reputação : 3
Data de nascimento : 10/07/1993
Idade : 24

Ficha do personagem
Crônica:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo I Budapeste (NARRATIVA)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum